Câmara aprova o pacote de concessões da Prefeitura

Na noite passada, a Câmara de Vereadores aprovou o pacote de privatizações e concessões à iniciativa privada, proposto pela gestão do prefeito João Dória. Dentro desse pacote, estão a concessão do Bilhete Único e a dos terminais de ônibus de São Paulo, além do Parque do Ibirapuera e do Mercadão.

Depois de muita discussão, a bancada governista conseguiu aprovar o projeto por 38 votos a 13. Agora o projeto irá a sanção do prefeito.

Concessões – O lançamento dos editais de concessão do Bilhete Único e dos terminais estão previstos para dezembro próximo. Segundo a Prefeitura, o custo anual da bilhetagem eletrônica é em torno de R$ 430 milhões por ano. A ideia da prefeitura é dinamizar a utilização do bilhete único e ofertar outras formas de pagamento, como o débito em cartão de crédito ou por meio de aplicativos de celular.

Já o custo dos terminais urbanos é de R$ 150 milhões por ano. Com a concessão, a Prefeitura espera revitalizar os espaços dos terminais, com a possibilidade de construção em áreas ociosas dos mesmos.

José E. Sales

É blogueiro desde 2009, primeiramente no extinto "Linha Circular" e, agora, no "Circular Avenidas". Foi colunista da "Revista Interbuss" entre 2010 e 2015. É um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Também é estudante de jornalismo e quer se especializar na área de mobilidade urbana. Fale conosco: contato@circularavenidas.com.br .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *