Usuários dos bicicletários terão de fazer cadastro para deixar duas bikes

Quem usa os bicicletários dos terminais urbanos Amaral Gurgel, Campo Limpo e Cidade Tiradentes terá de fazer um cadastro para deixar sua bike nestes locais. Trata-se de um novo sistema desenvolvido pela SPTrans em parceria com a Socicam, empresa que gerencia os terminais urbanos da cidade.

Para fazer o cadastro, os usuários terão de informar o nome completo, telefone, endereço e e-mail, além de apresentar um documento com foto e levar cadeado próprio. Feito o cadastro, o usuário terá direito a dois cartões: um que ficará com ele e outro com a bicicleta, quando ela for deixada no bicicletário do terminal. O cartão deverá ser apresentado pelo dono ao controlador de acesso, o único que irá ter acesso ao local. Nenhuma outra pessoa poderá retirar a bike a não ser seu próprio dono.

A medida, que visa aumentar a segurança para quem deixa suas bicicletas enquanto usa o transporte público, por enquanto será implantada apenas nestes três terminais. Mas a ideia é expandir o serviço a todos os vinte e oito terminais da SPTrans, que dispões de 2001 vagas. Destas, 41 vagas ficam no Amaral Gurgerl, 148 no Cidade Tiradentes e 64 no Campo Limpo.

José E. Sales

É blogueiro desde 2009, primeiramente no extinto "Linha Circular" e, agora, no "Circular Avenidas". Foi colunista da "Revista Interbuss" entre 2010 e 2015. É um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Também é estudante de jornalismo e quer se especializar na área de mobilidade urbana. Fale conosco: contato@circularavenidas.com.br .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *