Olho Vivo ficou fora do ar por 24h

Desde o meio da tarde de terça, 24, o cliente dos ônibus paulistanos se sentiram como se estivessem em meados dos anos 2000, quando ainda não havia os aplicativos para celular. Tudo porque o “Olho Vivo”, sistema de monitoramento dos ônibus da SPTrans, saiu do ar.

A queda do sinal ocorreu no meio da tarde da terça e perdurou por mais de 24h. Com isso, todos os aplicativos que mostram para o usuário do transporte coletivo o posicionamento dos ônibus ficaram sem informações para mostrar. Tudo porque os dados que são mostrados nos aplicativos são os mesmos da SPTrans. Ela disponibiliza os dados do GPS dos coletivos e os aplicativos os utilizam, cada um a sua maneira. O único que ainda mostrava alguma informação era o CittaMobi. Isso ocorreu porque ele recebe o sinal diretamente da Mobibrasil, a operadora dessas linhas que ainda eram mostradas.

Questionamento à SPTrans: resposta padrão.

Na manhã desta terça, entramos em contato com a SPTrans perguntando se havia alguma previsão de restabelecimento do sistema. A resposta caminhada foi a padrão: “Nossa equipe de tecnologia trabalha para a normalização do acesso ao sistema. Obrigada pelo contato.”

Por volta das 17h00, o Olho Vivo voltou ao ar. No entanto, por volta das 19h00 o monitoramento tornou a sair do ar. Desta vez, o reestabelecimento não demorou muito. Às 21h os aplicativos já estavam recebendo as informações da SPTrans novamente, permanecendo até a edição deste texto.

José E. Sales

É blogueiro desde 2009, primeiramente no extinto "Linha Circular" e, agora, no "Circular Avenidas". Foi colunista da "Revista Interbuss" entre 2010 e 2015. É um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Também é estudante de jornalismo e quer se especializar na área de mobilidade urbana. Fale conosco: contato@circularavenidas.com.br .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *