Novas estações da Linha 5-Lilás não serão mais entregues em dezembro

Em evento com blogueiros e influenciadores digitais, no final de outubro, o diretor do Metrô Milton Gióia comentou a de que havia a possibilidade de que a entrega de seis estações da Linha 5-Lilás, previstas para dezembro, não ocorresse. A possibilidade começou a ganhar contornos de realidade na semana passada, quando o Metrô, em comunicado referente à conclusão das obras da Galeria Borba Gato, que havia sido parcialmente demolida para a construção do canteiro de obras da estação Adolfo Pinheiro, deixou a data de entrega das novas estações em aberto. E o que ficou aberto, foi “fechado”.

Na edição desta terça, 14 de novembro, do jornal “O Estado de S. Paulo”, foi publicada uma entrevista com o Secretário dos Transportes Metropolitanos Clodoaldo Pelissioni em que ele confirma que as seis estações, de fato, não serão entregues mais entregues em dezembro.

Segundo o secretário, os motivos são problemas na execução das obras entre as estações Eucaliptos e Moema e disputas judiciais que impactaram o caixa das construtoras. Além disso, houveram “disputas administrativas” entre as empresas contratadas para a execução das obras das estações Santa Cruz e Chácara Klabin. Por conta desses problemas, o prazo de conclusão das estações teve de ser estendido.

Desta forma, a nova previsão de entrega das estações é a seguinte:
Janeiro/18: Eucaliptos;
Fevereiro/18: Moema, AACD-Servidor e Hospital São Paulo;
Abril/18: Santa Cruz e Chácara Klabin;
Dezembro/18: Campo Belo.

Enquanto isso… – … as três estações entregues em setembro (Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin), desde o dia 13 estão operando em novo horário. Agora, elas estão abertas entre das 9h às 16h, ainda em operação assistida e sem cobrança de passagem para quem entra em qualquer uma das três. A cobrança apenas acontece para quem quer seguir viagem na linha 5 para as estações depois da Adolfo Pinheiro. Ainda não há data para a abertura das três estações em horário comercial pleno.

José E. Sales

É blogueiro desde 2009, primeiramente no extinto “Linha Circular” e, agora, no “Circular Avenidas”. Foi colunista da “Revista Interbuss” entre 2010 e 2015. É um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Também é estudante de jornalismo e quer se especializar na área de mobilidade urbana.
Fale conosco: contato@circularavenidas.com.br .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *