Quatro linhas metropolitanas que seguem até as Clínicas serão seccionadas no Metrô Butantã

No Diário Oficial do Estado (DOE) da última sexta, 11 de agosto, foram publicadas quatro portarias, expedidas pelo Secretário Municipal de Mobilidade e Transportes da capital que alteram a circulação de quatro linhas metropolitanas dentro da do município de São Paulo. No entanto, a publicação é apenas informativa. Ainda não foi definida data para sua implementação.

As linhas que terão trajeto alterado são as seguintes: 033TRO Embu das Artes/Engenho Velho – São Paulo/Clínicas, 089TRO Taboão da Serra/Hospital Pirajussara – São Paulo/Clínicas, 124TRO Embu das Artes/Jardim Santo Eduardo – São Paulo/Clínicas e 191TRO Taboão da Serra/Parque Pinheiros – São Paulo/Clínicas.

Estas linhas terão seus itinerários reduzidos até a Estação Butantã, da Linha 4-Amarela de metrô, passando a ser denominadas 033TRO Embu das Artes/Engenho Velho – São Paulo/Metrô Butantã, 089TRO Taboão da Serra/Hospital Pirajussara – São Paulo/Metrô Butantã, 124TRO Embu das Artes/Jardim Santo Eduardo – São Paulo/Metrô Butantã e 191TRO Taboão da Serra/Parque Pinheiros – São Paulo/Metrô Butantã. Para o usuário que tem como destino o Hospital das Clínicas, será reativada a linha 576TRO, que passará a se chamar São Paulo/Metrô Butantã – São Paulo/Metrô Clínicas. Ao descer de uma das quatro linhas, esse usuário deverá seguir viagem pela 576TRO para chegar à região de Pinheiros e Clínicas.

Ônibus da Linha 576TRO, em operação em 2012: linha que complementava a viagem de outras 16 linhas metropolitanas.

O procedimento deste seccionamento é semelhante ao que foi feito quando houve o de várias linhas metropolitanas oriundas do eixo Vital Brasil, Corifeu de Azevedo Marques e Raposo Tavares no Metrô Butantã, em 2012. A linha 576TRO, na época São Paulo/Metrô Butantã-São Paulo/Largo da Batata, servia como linha complementar às linhas intermunicipais oriundas desse eixo até Pinheiros. Em 2014 a linha teve a operação suspensa. Vale salientar que, embora as linhas sejam intermunicipais, quem autoriza o trajeto dentro dos municípios são as respectivas prefeituras. Nenhuma linha metropolitana pode circular dentro dos municípios em trajetos diferentes dos que foram estipulados pela prefeitura.

Itinerários – No DOE, junto com as autorizações, foi publicado ainda os itinerários que cada linha terá de percorrer dentro do município de São Paulo. Os trajetos autorizados são os seguintes:

033TRO Embu das Artes/Engenho Velho – São Paulo/Metrô Butantã
089TRO Taboão da Serra/Hospital Pirajussara – São Paulo/Metrô Butantã
191TRO Taboão da Serra/Parque Pinheiros – São Paulo/Metrô Butantã

Sentido Embu das Artes – São Paulo: Divisa de Município Taboão da Serra/São Paulo, Avenida Intercontinental, Avenida Pirajussara, Avenida Eliseu de Almeida, Rua Camargo e Terminal do Metrô Butantã.
Sentido São Paulo – Embu das Artes: Terminal do Metrô Butantã, Rua MMDC, Rua Alvarenga, Rua Sapetuba, Avenida Caxingui, Avenida Eliseu de Almeida, Avenida Pirajussara, Praça José Domingues M. F. Zequinha, Rua Cedrolândia, Divisa de Município São Paulo/Taboão da Serra.

*

124TRO Embu das Artes/Jardim Santo Eduardo – São Paulo/Metrô Butantã

Sentido Taboão da Serra – São Paulo: Divisa de Município Taboão da Serra/São Paulo, Estrada Pirajussara–Valo Velho, Avenida Carlos Lacerda, Largo do Campo Limpo, Estrada do Campo Limpo, Rua Alves dos Santos, Rua Padre Correia de Almeida, Rua José Felix, Avenida Professor Francisco Morato, Avenida Monsenhor Manfredo Leite, Avenida Pirajussara, Avenida Eliseu de Almeida, Rua Camargo e Terminal do Metrô Butantã.
Sentido São Paulo – Embu das Artes: Terminal do Metrô Butantã, Rua MMDC, Rua Alvarenga, Rua Sapetuba, Avenida Caxingui, Avenida Eliseu de Almeida, Avenida Pirajussara, Avenida Monsenhor Manfredo Leite, Avenida Professor Francisco Morato, Divisa de Município São Paulo/Taboão da Serra.

*

576TRO São Paulo/Metrô Butantã – São Paulo/Clínicas

Sentido Único: Terminal Metrô Butantã/São Paulo, Rua MMDC, Rua Camargo, Avenida Doutor Vital Brasil, Praça Jorge de Lima, Ponte Bernardo Goldfarb, Rua Butantã, Largo dos Pinheiros, Rua Teodoro Sampaio, Avenida Doutor Arnaldo, Rua Cardeal Arcoverde, Rua Baltazar Carrasco, Rua Chopin Tavares de Lima, Rua Fernão Dias, Rua Berel Aizenstein, Rua Cardeal Arcoverde, Avenida Eusébio Matoso, Ponte Eusébio Matoso, Avenida Eusébio Matoso, Praça Jorge de Lima, Avenida Professor Francisco Morato, Rua MMDC, Rua Camargo e Terminal Metrô Butantã.

José E. Sales

É blogueiro desde 2009, primeiramente no extinto "Linha Circular" e, agora, no "Circular Avenidas". Foi colunista da "Revista Interbuss" entre 2010 e 2015. É um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Também é estudante de jornalismo e quer se especializar na área de mobilidade urbana. Fale conosco: contato@circularavenidas.com.br .

Um comentário em “Quatro linhas metropolitanas que seguem até as Clínicas serão seccionadas no Metrô Butantã

  • 17 de agosto de 2017 em 10:09
    Permalink

    Acho válida a troncalização dessas linhas metropolitanas na direção das Clínicas, desde que essa 576TRO seja uma linha que opere com eficiência.
    Os passageiros dessas linhas que poderão ser seccionadas tem como principais destinos o Metrô Butantã e a região central de Pinheiros.
    Só acho que a ligação Hosp. Pirajussara – Clínicas deveria ser mantida (089TRO).

    Parabéns pelo novo formato do blog/site!!!

    Att…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.