Tarifas dos ônibus da EMTU sobem à 0h de 20 de janeiro

A partir da 0h de domingo, 20 de janeiro, as tarifas das linhas gerenciadas pela EMTU nas regiões metropolitanas de São Paulo, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Litoral Norte e Sorocaba ficarão mais caras. A empresa não divulgou o porcentual médio de aumento mas disse, em comunicado, que “na composição dos índices de reajuste das tarifas estão o IPC-FIPE, o aumento dos combustíveis, a elevação do custo de mão-de-obra e, no caso do VLT, a elevação do custo da energia elétrica.” As linhas da Região Metropolitana de Campinas não tiveram aumento divulgado.

As tarifas dos ônibus metropolitanos variam conforme a extensão da linha e, em alguns casos, ainda operam com tarifa abaixo dessa tabela de quilometragem devido a um desconto.

Algumas tarifas:
Ônibus do Corredor ABD e extensão Brooklin, operados pela Metra: a tarifa subirá de R$ 4,30 para R$ 4,80;
VLT da Baixada Santista, operado pela BR Mobilidade Baixada Santista: sobe de R$ 4,20 para R$ 4,40;

A tarifa de integração entre os ônibus metropolitanos e o Metrô/CPTM permanece com desconto de R$ 1,50.

Clique nos links abaixo para ter acesso às tabelas com as novas tarifas, que entrarão em vigor a partir da 0h:
Tabela de Tarifas da Região Metropolitana de São Paulo;
Tabela de Tarifas da Região Metropolitana da Baixada Santista;
Tabela de Tarifas da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte;
Tabela de Tarifas da Região Metropolitana de Sorocaba.

==========

Siga o Circular Avenidas nas redes sociais:

José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: esales@circularavenidas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.