Linha 5-Lilás: confusão de informações às vésperas da inauguração de mais uma estação

Na manhã desta quarta-feira, uma matéria do site do jornal “O Estado de S. Paulo” intitulada “Linha 5-Lilás ganha 4 estações na sexta e público vai triplicar” causou uma confusão de informações sobre a inauguração das novas estações da Linha 5-Lilas. Nesta matéria, era informado de que as quatro estações do trecho final da Linha 5-Lilás (AACD Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin) seriam abertas nesta sexta-feira.

A informação, no entanto, foi desmentida pela assessoria de imprensa da Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM). No comunicado, a única estação da Linha 5-Lilás que teve a inauguração confirmada foi a AACD Servidor. No final da manhã, o site apagou a matéria e publicou uma nova, justificando a informação como sendo uma informação passada pela assessoria de imprensa do Metrô.

As novas estações – Segundo a STM, a inauguração da Estação AACD Servidor será nesta sexta-feira, 31/08. Depois, ela seguirá em “operação assistida”, abrindo todos os dias das 9h às 16h. No comunicado não foi mencionado, mas o site “Ferroviando” apurou que na operação assistida já haverá cobrança de tarifa.

As estações Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin estão com previsão de inauguração para o final de setembro. Embora o roubo de cabos, ocorrido na estação Chácara Klabin no começo da semana, possa causar dificuldades na manutenção do prazo, o Metrô ainda mantém o final de setembro como o período de entrega previsto.

Alckmin – No noite desta quarta, em sua entrevista no “Jornal Nacional” da Rede Globo, o ex-governador e candidato a Presidência da República Geraldo Alckmin afirmou também que as estações AACD Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin serão entregues nesta sexta, mesmo a STM negando a informação horas antes.

José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: contato@circularavenidas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.