CCR leva mais uma linha do Metrô

Nesta segunda-feira, 11 de março, ocorreu o leilão da operação da Linha 15-Prata de monotrilho. A única empresa que apresentou proposta foi o Consórcio ViaMobilidade Linha 15, formado pelo Grupo CCR e pela RuasInvest, que apresentou valor de outorga de R$ 160 milhões pela operação da linha de monotrilho por vinte anos. O valor apresentou um ágio de 0,59%, sobre o valor mínimo de outorga de R$ 159 milhões, estipulado pelo Governo Estadual.

O Grupo CCR já opera duas linhas do sistema sobre trilhos da cidade: a linha 4-Amarela, através da ViaQuatro, e a linha 5-Lilás, através da ViaMobilidade. Ela irá operar também a Linha 17-Ouro, que foi concedida no ano passado junto com a Linha 5-Lilás.

Com a concessão da Linha 15-Prata definida, a prioridade do Governo do Estado passa a ser o término das quatro estações desta fase que estão em acabamento: Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus. Elas deveriam ser entregues no final do ano passado mas a Azevedo & Travassos, responsável pelas obras de acabamento, não cumpriu os prazos e o contrato foi rescindido. O novo prazo para a entrega das estações, inicialmente tido para outubro, agora é “até o final do ano”.

A segunda-fase do projeto, que inclui apenas a estação Jardim Colonial, está com previsão de entrega para 2021.

==========

Siga o Circular Avenidas nas redes sociais:

 

José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: esales@circularavenidas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.