Manifestação pode interferir na operação dos meios de transporte nesta quinta

Nesta quinta-feira, 30 de maio, estão programados novos protestos pelo Brasil contra os cortes na educação e contra a Reforma da Previdência.

Em São Paulo, a manifestação está programada para as 16h no Largo da Batata, em Pinheiros. Depois, os manifestantes seguirão, em passeata, até o Masp.

Por conta do grande número de pessoas que poderão comparecer ao evento, poderá haver problemas na mobilidade da região. No próprio Largo da Batata está a estação Faria Lima de metrô, da Linha 4-Amarela, operada pela concessionária ViaQuatro, que é o principal meio de acesso para aqueles que irão ao evento. Já para aqueles que não irão a manifestação, fica a sugestão de utilizarem a estação Fradique Coutinho, que fica na Rua dos Pinheiros ou a estação Pinheiros, na Rua Gilberto Sabino, ao lado do Terminal Pinheiros.

Além disso, as dezenas de linhas de ônibus que trafegam pela região do Largo da Batata, podem ser afetadas. E, conforme o evento for se deslocando, outras vias irão sofrer interferências. Por isso, caso não tenha compromissos inadiáveis ou não vá à manifestação, se puder, evite a região de Pinheiros e todo o trecho que segue para a Avenida Paulista.

==========

Siga o Circular Avenidas nas redes sociais:

José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: esales@circularavenidas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.