Prefeitura suspende rodízio ampliado

SÃO PAULO/SP – Em entrevista, na manhã deste domingo, o Prefeito de São Paulo Bruno Covas anunciou a suspensão do rodizio em período integral, por placas par e ímpar.

A partir de amanhã, volta o rodízio normal, quando dois finais de placa por dia nâo podem circular das 7h às 10h e das 17h às 20h, no seguinte cronograma:
– segundas: não circulam veiculos com placas finais 1 e 2;
– terças: 3 e 4;
– quartas: 5 e 6;
– quintas: 7 e 8;
– sextas: 9 e 0.

Aos sábados e domingos não haverá rodizio.

Histórico – O rodízio de veículos ampliado, durando 24h por dia e com veiculos com placas pares circulando em dias pares e com placas ímpares circulando e dias ímpares começou a ser adotado na última segunda-feira. A intenção era aumentar o índice de isolamento com a restrição de circulação de veículos.

No entanto, não foi o que ocorreu: os índices continuará nos mesmos patamares de antes da adoção. O que aumentou foi o uso do transporte coletivo, o que gerou aumento nas aglomerações nos trens e nos ônibus.



Este site é o Circular Avenidas, informativo sobre mobilidade urbana. Lembrando que não temos nenhum vínculo com empresas ou gestoras de sistemas de transporte.
– se tiver fotos, vídeos ou informações, mande pra gente: 11 94040 3050, via Whatsapp ou Telegram (só para texto. Não atenderemos ligações para o número ou chamadas de áudio pelo Whatsapp/Telegram).
– se preferir, mande para esales@circularavenidas.com.br .
Siga-nos nas redes sociais:
– no Facebook: www.facebook.com/circularavenidas
– no Twitter: twitter.com/circavenidas
– no Instagram: www.instagram.com/circularavenidas
– informações via Telegram: https://t.me/CircAvenidas


José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: esales@circularavenidas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.