Governo do Estado assina contrato para novo trecho do VLT da Baixada Santista

BAIXADA SANTISTA/SP – Nesta segunda-feira, 06/07, o foi assinado o contrato de início das obras do segundo trecho do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) na Baixada Santista. Ele faz parte do Sistema Integrado Metropolitano (SIM/VLT), gerenciado pela EMTU. A previsão é que este novo trecho transporte até 35 mil pessoas/dia e ligará a Av. Conselheiro Nebias ao bairro do Valongo, em Santos.

O contrato foi assinado com a Queiroz Galvão. A previsão é de que a obra leve 30 meses para ser concluída, com início previsto ainda para este mês de julho. O investimento será de R$ 217,7 milhões e facilitará o deslocamento entre os municípios da Baixada.

Reunião para assinatura do contrato do novo trecho do VLT

No trecho de 8km serão construídas 14 estações acessíveis. O trecho corta as ruas Campos Mello, Doutor Cochrane, João Pessoa, Visconde de São Leopoldo, São Bento, Amador Bueno, Constituição, Luiz de Camões e a Avenida Conselheiro Nébias e será operado com sete trens, já adquiridos pelo Governo do Estado.

“A nova etapa do VLT é uma obra desejada e esperada pela população de Santos porque vai conectar o centro da cidade, onde as pessoas trabalham. A pujança do centro de Santos carecia da extensão do VLT, que vai levar a população até onde ela deseja, tanto para chegar ao trabalho quanto para retornar às suas casas. Com essa ampliação, a Baixada Santista vai ganhar mais uma alternativa eficiente e limpa de mobilidade”, disse o Governador João Dória, em cerimônia que contou também com as participações do Vice-Governador e Secretário de Governo Rodrigo Garcia; do Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy; do Presidente da EMTU, Marco Antonio Assalve; e do Prefeito de Santos, Paulo Barbosa; além de outras autoridades.

Quando concluído, o SIM/VLT terá 27km de extensão, considerando 11,5km já em operação (Barreiros, em São Vicente, até o Porto de Santos, em Santos), além da ligação entre Conselheiro Nébias e Valongo e Barreiros a Samaritá (ainda em projeto), em São Vicente. O sistema tem previsão de operar com 33 VLTs, transportando 95 mil passageiros/dia.



Este site é o Circular Avenidas, informativo sobre mobilidade urbana, e não temos nenhum vínculo com empresas ou gestoras de transporte.
Se tiver fotos, vídeos ou informações, mande para esales@circularavenidas.com.br ou para as redes sociais, via mensagem direta.
Siga-nos nas redes sociais:
– no Facebook: www.facebook.com/circularavenidas
– no Twitter: twitter.com/circavenidas
– no Instagram: www.instagram.com/circularavenidas
– informações via Telegram: https://t.me/CircAvenidas


José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: esales@circularavenidas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.