EMTU aumenta horários em linhas que ligam Hortolândia e Sumaré a Campinas

HORTOLÂNDIA/SP e SUMARÉ/SP – A partir desta quinta-feira, 29 de outubro, seis linhas metropolitanas da EMTU que atendem Hortolândia tiveram acréscimo de frota: são seis veículos, sendo dois deles articulados com capacidade para atender 115 passageiros. A informação foi divulgada pela EMTU.

O acréscimo de veículos, possibilitou a inclusão de 37 partidas em quatro serviços e a readequação de horários em outras duas. As linhas beneficiadas são as seguintes (clique nos links para ter acesso aos detalhes das linhas):

– receberam os articulados, complementadas com veículos comuns e inclusão de novos horários:
636TRO Sumaré (Terminal Rodoviário de Sumaré) – Campinas (Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira)
699TRO Hortolândia (Nova Hortolândia) – Campinas (Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira)
700TRO Hortolândia (Jardim Amanda) – Campinas (Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira)
701TRO Hortolândia (Jardim Amanda) – Campinas (Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira)

– tiveram reprogramação horária:
654TRO Sumaré (Terminal Rodoviário de Sumaré) – Campinas (Shopping Iguatemi)
658TRO Sumaré (Estação de Transferência km 110) – Campinas (Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira)

De acordo ainda com a EMTU, as reprogramações “foram definidas com base nos acompanhamentos diários realizados pelos fiscais da EMTU/SP, por linha e por faixa horária. Além das fiscalizações em pontos estratégicos da RMC, as medidas se fundamentam nas informações obtidas no Centro de Gestão e Supervisão da empresa, instalado em São Bernardo do Campo, que monitora a operação dos ônibus metropolitanos em tempo real.”

A partir de hoje (29), seis linhas intermunicipais que atendem as cidades de Hortolândia, Sumaré e Campinas estão operando com um acréscimo de seis ônibus, sendo dois veículos articulados com maior capacidade de transporte. Essa medida propicia um aumento de 37 partidas em quatro serviços e a readequação da programação em mais duas ligações na Região Metropolitana de Campinas (RMC).

Essas reprogramações das linhas foram definidas “com base nos acompanhamentos diários realizados pelos fiscais da EMTU/SP, por linha e por faixa horária. Além das fiscalizações em pontos estratégicos da RMC, as medidas se fundamentam nas informações obtidas no Centro de Gestão e Supervisão da empresa, instalado em São Bernardo do Campo, que monitora a operação dos ônibus metropolitanos em tempo real.”



Siga o Circular Avenidas nas redes sociais:
– no Google News
– no Facebook: www.facebook.com/circularavenidas
– no Twitter: twitter.com/circavenidas
– no Instagram: www.instagram.com/circularavenidas
– informações via Telegram: https://t.me/CircAvenidas



 

José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: esales@circularavenidas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.