Grande São Paulo Itapecerica da Serra Reportagem

Ônibus podem voltar a fazer o transporte municipal em Itapecerica da Serra

ITAPECERICA DA SERRA/SP – Itapecerica da Serra pode ter uma empresa operando o transporte municipal. Ao menos é o que sugerem fotos divulgadas em redes sociais desde a noite de terça-feira. As fotos (uma delas ilustra esta matéria) é de um ônibus da Viação Bela Sintra (assim mesmo, com “S”, provavelmente remetendo à cidade portuguesa de Sintra), empresa fundada pelos menos donos da Viação Miracatiba.

O ônibus, em cores próprias, tem a inscrição “Prefeitura de Itapecerica da Serra” escrita na parte lateral-frontal. Oficialmente, a prefeitura não divulgou nenhuma informação. Inclusive, encaminhamos um pedido de informações, que ainda não foi respondido.

Ônibus da Viação Bela Sintra, flagrado nas ruas de Itapecerica da Serra.

No entanto, uma manifestação dos associados à Cooperativa de Transporte Alternativo de Itapecerica da Serra (CTAMIS), na sexta-feira passada, 07 de maio, trouxe a tona algo que ainda era tratado como boato: um possível descredenciamento da Cooperativa e sua substituição por uma empresa. A manifestação foi em frente à Câmara Municipal e, depois, as lotações voltaram a circular. Na ocasião, nem a Câmara Municipal e nem a Prefeitura de Itapecerica da Serra se manifestaram oficialmente à população.

A CTAMIS opera em Itapecerica da Serra desde 1996. Ela assumiu o lugar da empresa antecessora da Miracatiba – e do mesmo grupo -, a Auto Ônibus Soamin, e de outras empresas que operaram, em diferentes momentos, as linhas municipais. Entre 2010 e 2013 a própria Miracatiba chegou a operar linhas municipais, usando os ônibus baixados das linhas metropolitanas, mas acabou deixando o serviço.

Ônibus da Viação Miracatiba, que circulou nas linhas da EMTU, e foi reaproveitado nas linhas municipais.

Algo que a foto dos novos coletivos mostra é que, ao menos desta vez, o passageiro do transporte por ônibus da cidade está sendo levado a sério: veículos novos e com ar condicionado, no lugar dos ônibus ou micros reutilizados de outras cidades ou veículos beirando dez anos da própria Miracatiba. Não são ônibus convencionais e sim os “Midis”, ônibus em tamanho reduzido que, apesar da menor capacidade, mostram-se mais adequados, mais ágeis para a cidade e menos apertados que os micros e vans atualizados atualmente – sem contar que atendem melhor a quantidade de passageiros que circula dentro do município.

Embu das Artes passou por situação semelhante à de Itapecerica: depois que as empresas desistiram de operar, as cooperativas assumiram por vários anos… E, desde 2018, uma empresa assumiu as linhas municipais. Agora, pelo visto, chegou a vez de Itapecerica…

Entendo que as cooperativas também podem ter espaço nos sistemas de transporte. No entanto, também precisam se preocupar com a qualidade do serviço que oferecem ao passageiro.



Siga o Circular Avenidas nas redes sociais:
– no Google News
– no Facebook;
– no Twitter;
– no Instagram.


LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *