Governo do Estado entrega a estação Oscar Freire

Na manhã desta quarta, ocorreu a cerimônia de entrega da Estação Oscar Freire, da Linha 4-Amarela, linha concedida à operadora ViaQuatro. O evento contou com a presença do Governador Geraldo Alckmin, do Prefeito João Dória e do Secretário dos Transportes Metropolitanos Clodoaldo Pelissioni, além de representantes do Metrô e da ViaQuatro.

Governador Geraldo Alckmin, em entrevista coletiva após a inauguração.

A nova estação está localizada na esquina da Av. Rebouças com a Rua Oscar Freire, próximo ao Hospital das Clínicas. Ela possui cinco pisos abaixo do piso da entrada principal. Nesta, há um elevador para uso de cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. Ele, que pode ser acessados também nos pisos intermediários, deixa seus usuários junto aos bloqueios (catracas) da estação. Nas catracas, o usuário faz o transbordo para o elevador elevador da plataforma do sentido que desejar. As plataformas possuem portas, que separam o usuário da via e que só se abrem junto com a dos trens, e o painel que monitora o tempo de aproximação do trem e identificam o carro (vagão) que está menos lotado. Ela fica entre as estações Paulista e Higienopolis-Mackenzie e é a nona estação da Linha 4-Amarela e a 74ª estação da rede de metrô paulista.

Plataforma da estação Oscar Freire: como as outras da Linha 4, foi entregue com as portas de plataforma.

A estação possuirá acessos pelos dois lados da Av. Rebouças. Hoje só há o acesso principal, que fica no lado ímpar da Avenida (sentido centro da via). O outro, no sentido bairro, ainda está em obras. Segundo o Secretário Clodoaldo Pelissioni, houve atraso nas obras por diferença de solo entre os terrenos dos dois acessos.

Acesso secundário da estação Oscar Freire: ainda em obras.

Nos próximos quinze dias a estação funcionará em “Operação Assistida” das 10h às 15h. Esse período é para testes dos equipamentos da estação. Diferente das outras estações que estiveram em “Operação Assistida”, na Oscar Freire haverá cobrança de tarifa neste período. Segundo o Metrô, a previsão é que ela atenda 24 mil pssoas por dia.

A estação Oscar Freire foi entregue com quatro anos de atraso. Ela estava prometida para 2014 mas só a vizinha Fradique Coutinho foi entregue no prazo. A próxima estação da Linha 4-Amarela a ser terminada é a São Paulo-Morumbi, que fica na Av. Francisco Morato com a Av. Jorge João Saad. Ela tem inauguração prevista para julho deste ano.

José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: esales@circularavenidas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.