O “Pedal Anchieta 2018”

Este domingo,  2 de dezembro, marcou o início do maior evento ciclístico do Brasil. Foi  primeiro mas, dificilmente, outro evento superará o “Pedal Anchieta 2018”. Esse é o nome escolhido para este ano. Mas, seja qual for o nome definitivo, o evento dificilmente terá um tamanho maior que o deste.

Ele nasceu de uma tentativa de descida que ocorreria no ano passado. O encontro estava sendo organizado pelas redes sociais mas foi cancelado por decisão da justiça. Então, o governo estadual acabou intercedeu e ajudou na organização do evento de hoje, que contou com o apoio das prefeituras de São Paulo, São Bernardo do Campo, Cubatão e Santos.

O sucesso foi flagrante: a organização estima a presença de 40 mil ciclistas. A Polícia Militar estima em 30 mil. Mas, independente de qual seja o número correto, só as dezenas de milhares mostram o tamanho do evento. O trecho percorrido fica entre o km 10 da Rodovia Anchieta, em São Paulo, e o km 65, em Santos, no bairro do Valongo. O evento começou às 6h30 da manhã e, quem foi chegando até às 8h30, horário limite para entrada no evento, foi participando.

“Essa descida é um bom exemplo de uma utilização plena de algo que pode ser usado constantemente. Dá para ser repetido várias vezes”, disse o Governador Márcio França durante o evento de assinatura da regulamentação do Decreto 10.095 do Plano Cicloviário Estadual.

O evento é mais uma prova do quanto a bike cada vez mais faz parte do dia-a-dia da mobilidade do brasileiro. Agora, resta aos governos fazerem o possível para que mais estruturas sejam criadas.

==========

Siga o Circular Avenidas nas redes sociais:

José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: esales@circularavenidas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.