A “Área de Apoio Bandeirantes”

E ontem, 13 de abril, as linhas 847P/10 Terminal Pirituba – Itaim Bibi, 847P/42 Brasilândia – Itaim Bibi, 957T/10 Cohab Taipas – Itaim Bibi e 958P/10 Jardim Nardini – Itaim Bibi passaram a fazer ponto final na “Área de Apoio Bandeirantes”, que fica embaixo do Viaduto República da Armênia e da Ponte Engenheiro Ary Torres, na Vila Olimpia.

Nessa chamara “Área de Apoio” as únicas lembranças de uma parada de ônibus são as calçadas altas e a marcação para pessoas com deficiência visual. No mais, não há totens com as indicações das linhas ou abrigos de parada em nenhuma das duas plataformas.

No entanto, de acordo com o fiscal com quem pedimos informações, e com o próprio itinerário divulgado, as linhas ficarão assim dispostas, com os seguintes itinerários até o trecho sem alteração:

 

Na Plataforma que fica ao lado da Rua Funchal, na Praça Augusto Rademaker Grunewald:

Parada das linhas 847P/10 e /42: Ainda há espaço para mais uma linha na Plataforma a esquerda da foto.

847P/10 Term. Pirituba – Itaim Bibi
847P/42 Brasilândia – Itaim Bibi
Ida: normal até a Rua Elvira Ferraz, R. Fiandeiras, R. Olimpíadas, Rua Gomes de Carvalho, Rua Funchal, Avenida Bandeirantes e Área de Apoio Bandeirantes.
Volta: Área de Apoio Bandeirantes, acesso à Av. Bandeirantes, Área de Apoio Bandeirantes, acesso à Rua Funchal, Rua Gomes de Carvalho, R. Olimpíadas e Rua Michel Milan, prosseguindo normal.

*

Na Plataforma que fica ao fundo, próximo à entrada da CET – e onde fica também o abrigo dos fiscais:

Parada das linhas 957T e 958P: na sala à esquerda ficam os fiscais das quatro linhas, todas operadas pela Viação Santa Brígida.

957T/10 COHAB Taipas – Itaim Bibi
958P/10 Jd. Nardini – Itaim Bibi
Ida: normal até a Rua Elvira Ferraz, R. Fiandeiras, R. Olimpíadas, Rua Gomes de Carvalho, Rua Funchal, Avenida Bandeirantes e Área de Apoio Bandeirantes.
Volta: Área de Apoio Bandeirantes, acesso à Rua Funchal, Rua Gomes de Carvalho, R. Olimpíadas e Rua Michel Milan, prosseguindo normal.

Para chegar à Área de Apoio as linhas precisam sair do corredor e seguir para o lado direito da via. Isso pode ser um complicador da operação no horário de pico.

==========

Siga o Circular Avenidas nas redes sociais:

José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: esales@circularavenidas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.