Mais uma linha metropolitana terá ponto final no Terminal Morumbi

A partir do 11 de maio, começará a operar a linha 841TRO Embu das Artes/Jd. Valo Verde-São Paulo/Metrô Morumbi. A informação foi publicada pela própria EMTU em sua página no Facebook.

A 841TRO fará ponto final no Terminal Morumbi, anexo à estação São Paulo-Morumbi da linha 4-Amarela de metrô, operada pela concessionária ViaQuatro. Ela irá substituir a atual 090PR1 Embu das Artes/Jd. Valo Verde – São Paulo/Pinheiros, que é uma linha de apoio à 090TRO Embu das Artes/Terminal Casa Branca-São Paulo/Pinheiros. A tarifa permanecerá a mesma: R$ 5,30.

De acordo com o “Diário Oficial do Estado” de 22/02/2019, as características da 841TRO são as seguintes:

Denominação: C-841TRO-000-R, Embu das Artes/Jardim Valo Verde – São Paulo/Metrô Morumbi.
Terminal Principal: Rua São Caetano, 1144 (Largo do Valo Verde).
Terminal Secundário: Terminal do Metrô Morumbi.
Extensão Média: 17,075 km.
Tabela Horária:
Dias úteis: 40 viagens ida/volta 41 viagens;
Sábados: 32 viagens ida/32 viagens volta;
Domingos e Feriados: 20 viagens ida/20 viagens volta.
Ciclo das viagens: 140 minutos.
Frota: Dias úteis: 06 ônibus urbanos; Sábados: 04 ônibus urbanos; Domingos e Feriados: 02 ônibus urbanos.

Tabela horária da 841TRO. (Arte: Viação Pirajuçara, retirado do twitter da Viação Pirajuçara)

Comparando com a tabela horária da 090PR1, a nova linha perderá duas viagens de “ida” (de 42 para 40, no sentido Metrô Morumbi) e uma de “volta” ( de 42 para 41, no sentido Valo Verde); aos sábados haverá o acréscimo de cinco viagens em cada sentido (de 27 para 32); e aos domingos, haverá uma viagem a menos (de 21 para 20).

Já a frota, nos dias úteis cairá de 07 para 06 veículos; aos sábados, cairá de 05 para 04 veículos; e aos domingos de 04 para 02.

Integração – De acordo com o perfil da Viação Pirajuçara no twitter, a linha 841TRO contará com integração tarifária com a linha 090TRO. Como a tarifa de integração será a mesma das duas linhas (R$ 5,30), o usuário não pagará valor adicional ao embarcar em qualquer uma delas, não importa o sentido. Para que a integração seja feita, é necessário:
– que o usuário tenha o cartão BOM (do contrário, pagará a tarifa “cheia” nos dois coletivos);
– que a integração seja feita em qualquer ponto em que as duas linhas tenham o mesmo itinerário;
– que a integração seja feita em um período de 120min.

==========

Siga o Circular Avenidas nas redes sociais:

José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: esales@circularavenidas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.