Ciclovias são “apagadas” para manutenção; mas falta informação

19 de agosto de 2019 0 Por José E. Sales
Ciclovias são “apagadas” para manutenção; mas falta informação

CET está refazendo as ciclovias, no entanto não divulgou o início das reformas tampouco prazo para conclusão das obras.

Por José Euvilásio Sales
esales@circularavenidas.com.br

Quem anda de bike pelas ciclovias das regiões do Planalto Paulista e Mirandópolis teve uma surpresa nos últimos dias: as três faixas que existem na região foram “apagadas” com a colocação de uma camada de asfalto por cima da cor vermelha das faixas, sem a recolocação de marcação separando a faixa das bikes da dos carros. No entanto, a sinalização horizontal permanece colocada.

As faixas em questão são as seguintes:
– a da Avenida Bosque da Saúde, entre a Av. Abraão de Moraes e a Rua Guairá (e prosseguirá até a Praça da Árvore, visto que há uma faixa já colocada pouco depois da estação);
– a da Alameda dos Guatás, entre a Av. Jabaquara e a Av. Aratãs;
– e a da Avenida Aratãs, entre a Alameda dos Guatás e a Av. Moreira Guimarães.

De acordo com a mensagem colocada em faixas ao longo das vias citadas, é informado que o “trecho das vias em obras”. O curioso é a mensagem final: “Ciclista utilize rotas alternativas”, sendo que não há outras ciclovias paralelas às que foram “apagadas”. Além disso, as vias paralelas àquelas onde estavam das faixas possuem fluxo semelhante a elas. Ou seja, não faz muito sentido seguir por outras rotas.

Embora não haja marcação, neste domingo vimos muitas pessoas usando o local da ciclovia para caminhada e senhoras com sacolas seguindo para a feira na região da Saúde, na ciclovia da Alameda dos Guatás; havia ainda mais ciclistas nas ciclovias da Av. Bosque da Saúde e Avenida Aratãs.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) informou à página “Vá de Bike” que trata-se de recapeamento e que será implantada nova sinalização, semelhante à que foi feita ao longo da ciclovia da Avenida Jabaquara. No entanto, não especificou prazo para a conclusão das obras – esperamos que não demore tanto como a de outras ciclovias, como a da própria Avenida Jabaquara.

Fizemos uma busca no próprio site da CET para ver se a informação da reforma das três ciclovias havia sido publicada. Pelo menos nos posts deste mês de agosto, não houve menção a obras nas faixas das referidas vias. Está na hora da própria empresa perceber que a Engenharia de Tráfego, além de veículos automotores, deve incluir ciclistas e pedestres também.

Este site é o Circular Avenidas, informativo sobre mobilidade urbana.

- se tiver fotos, vídeos ou informações, mande pra gente: 11 94040 3050, via Whatsapp 
ou Telegram (só para texto. Não atenderemos ligações para o número ou chamadas de 
áudio pelo Whatsapp/Telegram).
- ou, se preferir, mande para esales@circularavenidas.com.br ;
- não temos nenhum vínculo com empresas ou gestoras de sistemas de transporte.

Siga-nos nas redes sociais:
- no Facebook: www.facebook.com/circularavenidas
- no Twitter: twitter.com/circavenidas
- no Instagram: www.instagram.com/circularavenidas
- informações via Telegram: https://t.me/CircAvenidas