Em Destaque Noticias

Fase Emergencial: Governo do Estado aumenta rigor das restrições à circulação

SÃO PAULO/SP – A partir da próxima segunda-feira, 15 de março, entram em vigor novas medidas do Governo do Estado para evitar aglomerações e a disseminação da Covid-19. Estas novas recomendações são chamadas da chamada “Fase Emergencial”, fase superior à vermelha. Estas novas restrições estarão em vigor de 15 a 29 de março. As restrições foram apresentadas em entrevista coletiva feita pelo Governador João Dória no início da tarde desta quinta.

No que tange à mobilidade, o Governo do Estado afirmou que as frotas de ônibus da EMTU e de trens da CPTM e Metrô permanecerão operando com 100% da frota. No entanto, para diminuir a aglomeração nos horários de pico, o Governo do Estado recomendou às Prefeituras a imposição do escalonamento de entrada nos postos de trabalho da seguinte forma:
– das 5h às 7h: trabalhadores da Industria;
– das 7h às 9h: trabalhadores de Serviços;
– das 9h às 11h: trabalhadores do Comércio.


Restrições – Nesta fase, 14 atividades serão afetadas com o aumento das medidas restritivas. Com isso, mais 4 milhões de pessoas passarão ter algum tipo de restrição.

Veja quais são nas artes abaixo:

As principais alterações na fase emergencial são as seguintes:

Comércio – As restrições ainda contemplam a retirada de produtos em restaurantes e lanchonetes. Há ainda a proibição do atendimento em lojas de material de construção e veta celebrações religiosas coletivas e atividades esportivas em grupo.

Lojas e restaurantes só poderão fazer entregas via “drive thru”, entre 5h e 20h, ou por serviços de delivery. Não haverá restrição ao funcionamento de supermercados e farmácias.

Teletrabalho – O Teletrabalho será obrigatório para as atividades administrativas não essenciais. A imposição vale tanto para órgãos públicos como para escritórios particulares e serviços de call center. Todas as medidas da fase emergencial visam reduzir a circulação de ao menos 4 milhões de pessoas por meio das restrições adicionais.


Toque de Recolher – Também será implantado o “Toque de Recolher” entre as 20h e às 5h, sem previsão de multa. Além disso, o acesso a praias e a parques e todo o tipo de aglomeração está proibida e será obrigatório o uso da máscara em todos os ambientes públicos (interno ou externo).


Aulas – Ainda foi ressaltado que as aulas nas escolas públicas serão suspensas com a antecipação de dois períodos de recesso, que ocorreriam em abril e outubro – cada um de uma semana. As escolas particulares e as municipais não são obrigadas a seguir o cronograma, mas o Governo do Estado recomenda que o sigam.

Nesse período de restrição, as escolas estaduais só ficarão abertas para distribuição de alimentação, material escolar e chips, com agendamento prévio. Mas as atividades deverão ser reduzidas ao mínimo necessário.


O Governo do Estado divulgou ainda os telefones para denúncias de desrespeito às medidas de isolamento:

Os slides completos, você pode ver clicando aqui.



Siga o Circular Avenidas nas redes sociais:
– no Google News
– no Facebook;
– no Twitter;
– no Instagram;
– informações via Telegram: https://t.me/CircAvenidas


LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *