Interior Mobilidade Sustentável Ribeirão Preto

Ônibus elétrico começa a ser testado em Ribeirão Preto

RIBEIRÃO PRETO/SP – A Prefeitura de Ribeirão Preto e a Transerp, por meio do programa Ribeirão Mobilidade, iniciaram os testes com um ônibus 100% elétrico e com ar condicionado.

De acordo com nota da Prefeitura de Ribeirão Preto, o ônibus, modelo BYD D9W, possui autonomia de 250 quilômetros, o que permite que ele opere o dia inteiro e volte para a base para ser recarregado durante o período noturno. A recarga total (de 0% a 100%) se dá em um período de até quatro horas

O ônibus representa um grande instrumento para a redução de poluentes locais e de gases causadores do efeito estufa. Na média, cada ônibus a combustão consome 90 litros de diesel em um dia de operação. Sendo assim, cada ônibus elétrico deixa de emitir 110 ton/ano de CO2 na atmosfera.

O veículo possui itens de conforto, como ar condicionado, tomadas USB, possuem piso baixo, facilitando o embarque e o desembarque, e rampas para acesso de cadeirantes. Por possuir motor elétrico, é um veículo silencioso. O modelo convencional possui capacidade para 29 passageiros sentados e 51 em pé – o que está em testes possui lugares para 24 passageiros sentados e 45 em pé.

“Os ônibus 100% elétricos são uma alternativa para as cidades que querem reduzir a poluição. Queremos que a população seja usuária e beneficiada de um transporte com zero emissão de poluentes”, disse o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira.

Para o diretor Institucional e Head da Unidade de Ônibus da BYD Brasil, Marcello Von Schneider a importância das cidades na adoção das políticas verdes é cada vez mais significativa para um planeta sustentável. “Investir em mobilidade elétrica é uma forma eficaz e de grande impacto para o meio ambiente. Os veículos comerciais a combustão são responsáveis por um grande percentual da poluição nas cidades”, explica o executivo.

O ônibus irá operar em testes nas linhas municipais de Ribeirão Preto por 90 dias.



Siga o Circular Avenidas nas redes sociais:
– no Google News
– no Facebook;
– no Twitter;
– no Instagram.


LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *