Linha 2-Verde vive um dia de problemas

Hoje deveria ser a volta da operação “normal” da Linha 2-Verde, sem a baldeação obrigatória na estação Clínicas. Mas, desde o meio da manhã desta segunda, os trens estão com dificuldades para fazer a operação normal.

Às 10h14, de acordo com o perfil “Direto dos Trens” do twitter, uma “interferência na via na estação Vila Madalena” fez com que os trens circulassem em velocidade reduzida e maior tempo de parada. O problema perdurou até as 11h39, quando a operação voltou ao normal.

No entanto, às 14h55 uma nova falha ocorreu na Linha 2-Verde com a mesma informação. Por volta das 16h00 a ocorrência perdurava. Nesse horário, estivemos nesse trecho da Linha 2-Verde. A operação ocorria de forma semelhante à que foi mantida até ontem: um trem circulava, ida-e-volta, entre Vila Madalena e Clínicas. A diferença é que os trens mudavam de via entre Clínicas e Sumaré e não “iam-e-voltavam” pela mesma via, como foi durante os últimos dias. Um agente do Metrô, nas Clínicas, com um megafone, orientava os usuários que desciam do trem na estação vindos da Vila Madalena.

Em conversa com um funcionário do Metrô, nos foi informado que o problema era no Aparelho de Mudança de Via (AMV) entre Sumaré e Vila Madalena, que faz a transposição da via 1 (que é aquela que “chega” à Vila Madalena vindo da Vila Prudente) para a 2 (que é a oposta). E é o que parecia mesmo, já que os trens mudavam de via entre as estações Clinicas e Sumaré.

De acordo com o “Direto dos Trens”, a segunda ocorrência foi encerrada às 16h53… Mas por pouco tempo, já que às 17h07 nova ocorrência foi registrada. Ela durou até às 17h11 mas uma quarta falha “voltou” às 17h28, perdurando até às 21h39.

==========

Siga o Circular Avenidas nas redes sociais:

José E. Sales

Estudante de jornalismo e um apaixonado por mobilidade urbana, especialmente por ônibus. Fale conosco: esales@circularavenidas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.